Comunicado no 4ª aniversário do NC

CategoriasComunicados / Comunicação

Comunicado do 4º aniversário do Nós, Cidadãos!

Neste 4º aniversário do nascimento, o NC vem saudar todos os seus filiados e simpatizantes e os que nos confiam o seu voto eleitoral e que têm contribuído para a nossa consolidação e crescimento. Com essa motivação, estamos a reforçar as nossas estruturas, nomeadamente nos distritos de Lisboa e Porto.

Saudamos ainda, particularmente, a aceitação da proposta de uma Coligação Eleitoral ao partido Aliança, iniciando um projeto de união dos partidos emergentes do centro político, para desafiar 45 anos de alternância de governos PSD-PS. A 22 de junho, na Figueira da Foz, o Aliança aprovou o início de conversações para criar essa Aliança de Cidadãos, a ser estendida a outras forças políticas unidas para as próximas eleições legislativas de 6 de Outubro.

O Nós, Cidadãos! nasceu a 23 de junho de 2015, mercê da vontade de grupos e cidadãos que reclamaram uma mudança de paradigma nas práticas políticas, económicas e sociais do Estado, de modo a avançar para um mundo melhor, uma sociedade em que a qualidade de vida e a promoção dos direitos cívicos e sociais fossem determinantes. Nasceu numa conjuntura em que o governo PSD/CDS castigava os Portugueses com políticas de austeridade que apenas cercearam direitos dos cidadãos e não contribuíram para a reforma do Estado.

Ao longo de 4 anos de existência o Nós Cidadãos! criou uma marca política com potencial de crescimento. Com 3 meses de existência, teve 21 mil votos nas Legislativas de 2015. Obteve uma representação de 65 autarcas nas Autárquicas de 2017, entre eles um presidente da Câmara. Os mais de 34.000 votos obtidos nas eleições Europeias de 2019 – com o cabeça de lista Paulo Morais, candidato independente de prestígio nacional – confirmam essa trajetória ascendente, mas não nos satisfazem.

Ao longo destes quatro anos, o NC, a que alguns já chamam o “Novo centro”, tem usado o “braço esquerdo” na defesa dos Direitos dos Cidadãos e o “braço direito” para propor políticas de sustentabilidade. Os representantes autárquicos diretos do NC, nomeadamente na Madeira e Algarve, têm apresentado e vistas aprovadas propostas que consolidam esta imagem. Temos ainda denunciado as práticas de corrupção dos detentores de cargos públicos e seus parceiros de corrupção nos bancos e empresas.

Vamos agora preparar-nos para o desafio das Legislativas, através da coligação eleitoral com o Aliança e outras forças políticas. Vamos ter presentes os desafios a médio prazo, das eleições Autárquicas e Presidenciais de 2021. E vamos a longo prazo – 4 a 5 anos – contribuir para a reforma do Estado português numa Europa mais unida, face aos gigantes geopolíticos mundiais, com uma plataforma que apresentámos para coligação eleitoral:

  • Promover a democracia e os direitos humanos em Portugal e na Europa e na Lusofonia; 2) Reformar o Estado, aproximando-o dos Cidadãos mediante reformas políticas, económicas e sociais que beneficiem todos os distritos do país; 3) Combater a morosidade da justiça e a corrupção instalada em detentores de cargos públicos e seus parceiros de corrupção na banca e nas empresas; 4) Reformar o sistema eleitoral por forma a que o voto seja cada vez mais uma escolha de pessoas e não de partidos, os chamados círculos uninominais.

Força, Cidadãos!

Portugal, 23 de junho de 2019

A Comissão Política Nacional

Artigos Relacionados

1 DE MARçO DE 2021

COMUNICADO

O Nós, Cidadãos! declara expressamente o seu apoio aos Presidentes de Câmara presentes...

0

11 DE FEVEREIRO DE 2021

Nós Cidadãos: Não queremos...

A nona alteração à lei autárquica, aprovada pelos votos do PS e do PSD, vem...

0

22 DE JANEIRO DE 2021

REPTO NACIONAL NÓS CIDADÃOS

URGENTE!!! Haja bom senso, sentido de Estado e respeito pelo povo português. O Governo e...

0

3 DE NOVEMBRO DE 2020

III Congresso do Nós,...

Nos termos do artigo 212, alínea 2, dos estatutos do Nós, Cidadãos!, venho por esta...

0

13 DE MARçO DE 2020

III Congresso do Nós,...

Caros Membros do Nós, Cidadãos! A evolução da COVID-19 em Portugal muito dificultou a...

0

1 DE MARçO DE 2020

III CONGRESSO DO NÓS,...

Nos termos do artigo 21º, alínea 2, dos estatutos do Nós, Cidadãos!, venho por esta...

0

Deixe um Comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.