A Comissão Política Nacional do Nós, Cidadãos! reunida a 14 de Setembro recusou por unanimidade o pedido de filiação de Joana Amaral Dias, por considerar que a requerente não se identifica com os princípios, os valores cívicos e o programa político do Nós, Cidadãos!, nomeadamente na sua atividade durante a campanha autárquica de Lisboa entre 15 e 30 de setembro de 2017.

Fizemo-lo, com toda a legitimidade, para defender a matriz do “Nós, Cidadãos!”. Nascemos da convergência de movimentos cívicos que decidiram lançar um partido aberto à sociedade civil.

A candidatura de Joana Amaral Dias nas Eleições Autárquicas em Lisboa teve resultados desastrosos; prejudicou outras candidaturas da Área Metropolitana, e nunca afirmou os nossos princípios diferentemente de outros extraordinários candidatos independentes em Loures, Amadora, Oeiras, Tavira, Madalena (Gaia), Espinho, Oleiros, Oliveira de Frades, e mais concelhos.

O “Nós, Cidadãos!” não aceita ser adulterado por ambições pessoais, de quem quer que seja. Continuaremos o nosso caminho, agregando, cada vez mais movimentos cívicos., “gente anónima” – como canta o nosso hino . Foi seguindo esse caminho que tivemos resultados muito positivos nas Eleições Autárquicas de 2017.

Será seguindo esse caminho que conseguiremos ainda melhores resultados nas próximas Eleições Europeias e Legislativas, em 2019.

Comissão Política Nacional do “Nós, Cidadãos!”

15 de Setembro de 2018