O Nós, Cidadãos! vem repudiar publicamente a perseguição política que tem sido movida à Presidente da Distrital de Lisboa, pela Câmara Municipal de Cascais, designadamente através do seu presidente, Carlos Carreiras.
Os prejuízos morais e profissionais até agora infligidos a Sarah Corsino por ter ingressado no NC são inaceitáveis num estado de direito e configuram a menoridade política de um presidente camarário cuja ação está a merecer o repúdio crescente da população do concelho de Cascais.

Comissão Política Nacional
Lisboa, 6 de fevereiro de 2016